sexta-feira, 19 de agosto de 2016

Nadadora diz que Deus é mais importante que ouro olímpico!




http://eclesia.com.br/portal/nadadora-diz-que-deus-e-mais-importante-que-ouro-olimpico/

Madeline “Maya” Dirado, 23 anos sai das Olimpíadas Rio 2016 com 4 medalhas na bagagem. Foram 2 medalhas de ouro (200m costas e 4 por 200m); uma prata nos 200 medley e o bronze nos 400 medley. Contudo, ela surpreendeu a todos quando afirmou que isso não era o mais importante em sua vida. Geralmente os atletas de alto rendimento como ela literalmente vivem para o esporte.
Como não era favorita, as atuações de Dirado chamaram muita atenção e ela deu várias entrevistas depois de voltar aos Estados Unidos. Numa delas disse: “Eu não acho que Deus realmente se preocupa muito como eu nado. Estar numa equipe olímpica não é o meu objetivo final de vida. Eu acho que Deus se preocupa mais com a minha alma e se eu estou anunciando seu amor e misericórdia para o mundo”.
Formada pela Universidade de Stanford, ela anunciou sua aposentaria das piscinas após os Jogos Olímpicos. Depois de 17 anos praticando natação, ela disse que seu foco agora é a família e sua profissão na área de consultoria.
Evangélica, ela e o esposo Rob Andrews são membros da The River Church Community, na região de San Francisco. Conta que seus pais sempre lhe deram uma sólida formação cristã.
“Jesus tem sido uma constante em minha vida”, comemora.
Para a atleta, sua confiança está em saber que não importa o que aconteça Deus a ama. Para Maya, “o amor de Jesus por mim e por toda a humanidade é algo que sempre me ajuda a amar as pessoas ao meu redor quando as coisas ficam difíceis”, afirmou ela ao Christianity Today.
Esse é um grande contraste com sua carreira de nadadora, que ela considera uma “atividade muito egoísta”, pois passava a maior parte do tempo sozinha na piscina.
O posicionamento da jovem ganhou elogios do pastor Franklin Graham, líder da Associação Evangelística Billy Graham. “Saber que Deus te ama e se preocupa com sua alma eterna é uma notícia muito melhor que os Jogos Olímpicos”, afirmou ele em postagem no Facebook. Fonte: Gospel Prime

Nadadora olímpica Maya Dirato: “A fé cristã me deu grande confiança”



FONTE: http://conscienciacristanews.com.br/nadadora-olimpica-maya-dirato-a-fe-crista-me-deu-grande-confianca/

A nadadora olímpica Madeline (Maya) DiRato é uma mulher resolvida dentro e fora das piscinas, mas ela sempre diz que a sua fé é mais importante do que qualquer outra coisa.
Em entrevista ao Christianity Today, DiRato falou sobre a natação, seus planos futuros e como a fé cristã molda todos os aspectos na sua vida.
DiRado já fez seu nome nos jogos olímpicos do Rio. Ela ganhou uma medalha de ouro como parte do time feminino de nado livre nos 4 x 200 metros. Ela também conquistou a prata nos 400 m individual medley e bronze nos 200 m individual medley. Hoje, ela ainda vai disputar seu último evento, nos 200m nado costas.
Complementando sua carreira de nadadora, DiRato arrasa na área acadêmica. Ela concluiu o ensino médio aos 13 anos, entrou na Universidade de Stanford com 17 anos, e agora, depois da graduação em Ciências Administrativas e Engenharia, iniciou um trabalho de consultoria na McKinsey & Company.
Apesar do seu currículo expressivo, a nadadora demonstra humildade e sabe que todos os seus talentos vem de Deus.
“Saber que sou uma filha de Deus e que seu amor por mim não pode ser comparado com nada que eu possa conseguir ou fazer por conta própria, tem me dado grande confiança. Eu creio que minha fé tem me ajudado a traçar meu caminho e perseguir meus objetivos mesmo enquanto pessoas ao meu redor possam estar traçando caminhos diferentes. O amor de Jesus por mim e por toda humanidade é algo que sempre me ajuda a amar mais as pessoas ao meu redor quando as coisas se tornam difíceis,” disse ela.
DiRado afirmou que nasceu em um lar cristão, ela confrontou sua fé como uma jovem adulta, e posteriormente fez uma decisão de colocar sua fé em Cristo.
Ela disse que acredita no cuidado de Deus mais devido a forma que Ele mostra seu amor com outros do que quando comparado com qualquer outra conquista que ela tenha atingido.
“Eu acredito que Deus se importa com minha alma por trazer seu amor e misericórdia para o mundo. Eu posso ser amável, trabalhar em equipe e abençoar outros ao meu redor do mesmo modo que Ele tem sido generoso para comigo?” perguntou a si mesma.
DiRadio anuncio que , seja o que acontecer no Rio, ela não retornará a natação. Ao invés disso, ela espera apreciar completamente os momentos como parte do time olímpico dos EUA.
“Para meus momentos no Rio, eu espero encontrar novos atletas, continuar a apreciar todo os pequenos momentos de alegria da viajem, e fazer meu melhor no maior estágio do esporte. É claro que espero aprende coisas novas através desta experiência mas eu não acho que me mudará drasticamente como pessoas. Isto tem sido um sonho de muitos, então eu quero ter certeza que aproveitarei toda a jornada”, disse ela.

Lema 'não creio em Deus, só em treino' de atleta se torna viral 



O lema “Não acredito em Deus, eu acredito em treinamento” de Kohei Uchimura (foto), atleta japonês de ginástica artística, tornou-se viral na internet brasileira.
Uchimura conquistou nos Jogos Rio 2016 o bicampeonato Olímpico, em dura disputa, mostrando porque é considerado o “rei” desta modalidade.

O apresentador Galvão Bueno, da Rede Globo, ficou decepcionado ao saber sobre o lema de Uchimura.

“Ele poderia acreditar nos dois [Deus e treinamento]”.

Galvão continua o mesmo: falando besteira.


OPINIÃO ANDRÉ DE MORAES:

SER ATEU É UMA COISA, NÃO TER CARÁTER É OUTRO BEM DIFERENTE!
 
Enquanto as palavras de Uchimura soou como um brado de vitória e ato digno de honras, o da nadadora Madeline “Maya” Dirado passa desapercebido!
Seria muito bom noticiarem os dois lados da moeda e não apenas um para tentar privilegiar algum grupo específico, no caso, o ateu!

Lembrando aos amigos ateístas, que, a maioria dos esportistas, de qualquer modalidade, quando ganham a primeira coisa que fazem é agradecer à DEUS!

Mas uma coisa eu devo elogiar os amigos ateístas: eles conseguem encontrar uma agulha num palheiro! 

Agora quero só ver se o lema da nadadora irá viralizar tanto quanto o do ateísta; “A fé cristã me deu grande confiança!”

Nenhum comentário:

Postar um comentário