quinta-feira, 5 de novembro de 2015

JORNALECO "FOLHA DE SÃO PAULO" ADMITE QUE A ANTÁRTIDA NÃO ESTÁ DESCONGELANDO!

Antártida está ganhando gelo, não perdendo, afirma estudo da Nasa


http://www1.folha.uol.com.br/ambiente/2015/11/1702422-antartida-esta-ganhando-gelo-nao-perdendo-afirma-estudo-da-nasa.shtml
Nuvens sobre a região de Patriot Hills, na Antártida
Nuvens sobre a região de Patriot Hills, na Antártida




Surpreendentemente (SÉRIO?), a Nasa mostrou que a Antártida está ganhando gelo, em vez de perdendo, como se poderia esperar de um planeta em (SUPOSTO) processo de aquecimento.
Os pesquisadores da agência espacial americana mostraram que o fenômeno aconteceu durante todo o período analisado, de 1992 a 2008 (ANOS QUE MAIS SE FALARAM DE AQUECIMENTO GLOBAL). Ao ano, o acúmulo de gelo na Antártida representa uma redução no nível dos oceanos de 0,23 mm –ou seja, de cerca de meio centímetro em 20 anos.
A descoberta não significa, porém, que não exista aquecimento global (HAAAA! SIM! É O MESMO QUE DIZER QUE DENTRO DO FORNO DO MEU FOGÃO, QUANDO VOU ASSAR UM BOLO, AO INVÉS DISSO APARECE GELO! BEM LÓGICO!).
A hipótese para explicar o fenômeno, aliás, relaciona-se justamente com a mudança climática em curso (AINDA INSISTE NESSA MENTIRA MESMO ASSIM?).
A Antártida funciona desta forma: o gelo chega por meio da precipitação ("chuva"), e vai embora quando um bloco congelado se solta do continente, derretendo lentamente no mar, ou por meio de drenagem, ou seja, do escorrimento da água que vai aparecendo (SÓ POR ISSO PROVA A MENTIRA DE QUE VAI DEIXAR DE EXISTIR GELO NOS POLOS).
Se houver mais gelo saindo do que entrando, há então um deficit. Supostamente o aquecimento global deveria facilitar isso ao promover o derretimento, mas pelo jeito não é o caso (JURA?).
A explicação possível é que o aquecimento global também reforça a precipitação de neve sobre a Antártida. Isso porque ele aumenta a evaporação da água pelo mundo, e as correntes atmosféricas se encarregam de levá-la ao polo Sul (BELEZA, MAS SÓ AUMENTA AS CHUVAS NO POLOS E NUNCA M REGIÕES QUE, SUPOSTAMENTE, ESTÃO SECAS POR CAUSA DO SUPOSTO AQUECIMENTO GLOBAL?).
O trabalho liderado pelo glaciologista americano Jay Zwally detalha que o acúmulo de gelo não é uniforme entre as diferentes regiões da Antártida. A parte leste, por exemplo, está crescendo, enquanto a Península Antártica, região mais próxima à América do Sul, está derretendo mais rapidamente.
Para chegar a essas conclusões, foram feitas diversas medições de satélite. Os resultados foram publicados no "Journal of Glaciology".

CAUTELA
Especialistas, porém, ressaltam que é preciso ter cautela com os dados da Nasa (E ESSES MESMOS ESPECIALISTAS NÃO PEDIRAM CAUTELA COM OS DADOS DO IPCC?).
O glaciologista americano Ben Smith, que não participou do estudo, afirma que fazer esse tipo de medição com satélite é "extremamente difícil".
Segundo o meteorologista Eric Holthaus, o comportamento do gelo na Antártida ainda está muito além da compreensão humana (SE ESTÁ ALÉM DA COMPREENSÃO HUMANA, COMO OS CIENTISTAS DO IPCC PODEM AFIRMAR QUE OS POLOS ESTÃO DEFINITIVAMENTE DESCONGELANDO?). Estamos lidando com sistemas muito complexos, e nossos modelos são muitas vezes apenas simplificações grosseiras da realidade (SENDO ASSIM, PORQUE OS DADOS DO IPCC E DA ONU TAMBÉM NÃO SÃO GROSSEIROS? AO CONTRÁRIO, ELES SÃO TIDOS COMO EXATOS E CONFIRMADOS?).
Além disso, o próprio Zwally afirma que a tendência é que, em 20 ou 30 anos (SEMPRE A LONGO PRAZO, PARA QUE NINGUÉM FAÇA COMPARAÇÕES OU SE LEMBRE DAS ASNEIRAS DITAS NO PASSADO!), o processo se reverta, fazendo com que a Antártida comece a ter deficit de gelo.
A descoberta é interessante, porém, por contradizer uma previsão do IPCC, o painel do clima da ONU, que incluiu em seus relatórios a perda de gelo da Antártida. Os pesquisadores do painel acreditavam que o continente era responsável por um aumento de 0,27 mm ao ano no nível dos mares.
"A má notícia é que, se esses 0,27 mm não estão vindo da Antártida, deve haver outro fator contribuindo para a subida dos oceanos que não está sendo levado em consideração", afirma Zwally (ESSA FOI DE DOER! SE A SUPOSTA ÁGUA NÃO ESTÁ VINDO DO DEGELO, ESTÁ VINDO DE ONDE ENTÃO? DO INFERNO? DEVE SER DAS LÁGRIMAS DAS PESSOAS QUE CHORAM).
Em dezembro, diplomatas de todo o mundo se reúnem em Paris para tentar avançar com as negociações que buscam limitar as emissões de gases ligados ao aquecimento global na atmosfera (MAS AINDA TEM CORAGEM DE CONTINUAR COM ESSA MENTIRA IDIOTA? AFF!).

Nenhum comentário:

Postar um comentário