quarta-feira, 28 de janeiro de 2015

106- Igreja que distribuiu “dízimo” aos membros conta testemunhos

E O SITE AINDA CHAMA ISSO DE "DÍZIMO REVERSO"? ESSE DEVERIA SER O DÍZIMO VERDADEIRO SEGUNDO A PALAVRA DE DEUS EM DEUTERONÔMIO 14:22-29!

Em setembro, uma campanha idealizada por uma pequena igreja de Chicago chamou atenção por seu ineditismo. Em geral são as pessoas que fazem doações para as igrejas, mas a pastora Laura Truax, decidiu inverter o processo.
Líder da Igreja LaSalle Street, Truax decidiu usar a verba advinda de uma antiga negociação imobiliária para iniciar uma “corrente do bem”. Na década de 1970, sua denominação fez um investimento em um conjunto de prédios. Eles agora foram vendidos e sua igreja lucrou US$ 1,6 milhão. A maior parte foi para o caixa da igreja e será investido de diferentes formas, incluindo projetos missionários.
Porém, 10% desse lucro foi dividido com os fiéis que atendem aos cultos, num tipo de “dízimo reverso”. Dividindo o montante pelos 320 membros registrados, cada um ficou com 500 dólares. Os cheques foram distribuídos durante o culto e a pastora fez um apelo para que eles “fizessem o bem” e “ajudassem quem precisa”.
Cada um teve a liberdade de usar o dinheiro como achasse melhor, mas pediu que preferencialmente fosse dado a outras pessoas. Ela conta que orou muito sobre como deveria usar o dinheiro e foi isso que Deus a mandou fazer. Relata ainda que os fiéis ficaram surpresos e até um pouco assustados.
Agora a campanha chegou ao fim e cada membro foi convidado a contar o que fez com o dinheiro. Os vídeos estão sendo colocados no canal da igreja no Youtube. Para a pastora, essa é uma forma de dar testemunho.
Na verdade, a LaSalle Street é uma igreja com forte presença social. Ao longo de sua história sempre manteve um ministério que alimentafamílias de sem teto. Também investiu recentemente na compra deuma ambulância para o trabalho missionário de uma clínica médicano Níger.
Seus membros contam que as doações foram para familiares que tinham algum tipo de necessidade. Alguns enviaram para projetos missionários como uma escola no Himalaia, um posto de saúde em Uganda e um projeto de irrigação na Tanzânia.
A pastora acredita que eles fizeram exatamente o que ela tinha imaginado quando distribuiu os cheques no primeiro domingo de setembro. Na ocasião, sua pregação foi sobre a “parábola dos talentos”, em que Jesus fala sobre como cada pessoa recebeu algo de Deus e como precisará prestar contas disso.
“Eu esperava que eles reconhecessem o poder que tinham para abençoar os outros e mudar a vida de alguém”, conta. “Esperava que eles vissem qual a conexão entre a pequena parte que cada um representa e o todo, ou seja, a igreja”.
Os vídeos com os testemunhos podem ser vistos aqui. Com informações de Huffington Post e Boston Globe

ARTIGO COMPROVANDO QUE O DÍZIMO FOI ABOLIDO:

 http://questionabrasilsp.blogspot.com.br/2013/06/v-behaviorurldefaultvmlo.html

Um comentário:

  1. Gostaria que adotassem essa medida aqui no Brasil mas como não há sequer busca por conhecimento por parte do povo, isso já torna um sonho distante.....

    ResponderExcluir