terça-feira, 7 de outubro de 2014

64- A NOVA ORDEM MUNDIAL CONFORME A BÍBLIA





 Testo original: http://geracaodafigueira.blogspot.com.br/p/a-nova-ordem-mundial-conforme-biblia.html



PARTE 1:
“Por que se amotinam as gentes, e os povos imaginam cousas vãs? Os reis da terra se levantam, e os príncipes juntos se mancomunam contra o Senhor e contra o seu Ungido, dizendo: Rompamos as suas ataduras, e sacudamos de nós as suas cordas. Aquele que habita nos céus se rirá; o Senhor zombará deles.” Sl 2:1-4
A realidade do mundo contemporâneo tem nos mostrado um contínuo movimento das sociedades no sentido da redução das fronteiras nacionais, bem como culturais e linguísticas, que, como se prevê, culminará na unificação política, econômica e religiosa do mundo.
Temos visto o aparecimento de muitas teorias tentando explicar quem está no comando da montagem da unificação mundial, mas várias delas têm se mostrado falhas, no sentido de que não possuem fundamentos sólidos para se apoiarem.
A Bíblia Sagrada, ainda que seja desacreditada por muitos, possui autoridade suficiente para nos mostrar o que aconteceu no passado, os acontecimentos de hoje, bem como o final da história humana.
Nesta série de postagens, procurarei expor, com base na Bíblia Sagrada, como, através de uma aliança maligna entre alguns homens e Satanás, as sociedades humanas têm sido dirigidas ao longo da história, com o objetivo de tentar frustrar os planos de Deus para a humanidade, qual seja: a salvação dos homens, através de seu filho, Jesus Cristo.

A NOVA ORDEM MUNDIAL CONFORME A BÍBLA



 PARTE 2
O SONHO DE NABUCODONOSOR

“Tu, ó rei, estavas vendo, e eis aqui uma grande estátua: esta estátua, que era grande e cujo esplendor era excelente, estava em pé diante de ti; e a sua vista era terrível. A cabeça daquela estátua era de ouro fino; o seu peito e os seus braços de prata; o seu ventre e as suas coxas de cobre; As pernas de ferro; os seus pés em parte de ferro e em parte de barro. Estavas vendo isto, quando uma pedra foi cortada, sem mão, a qual feriu a estátua nos pés de ferro e de barro, e os esmiuçou. Então foi juntamente esmiuçado o ferro, o barro, o cobre, a prata e o ouro, os quais se fizeram como a pragana das eiras no estio, e o vento os levou, e não se achou lugar algum para eles; mas a pedra, que feriu a estátua, se fez um grande monte, e encheu toda a terra.” Dn 2:31-35
O povo de Israel tinha se apartado de Deus, e como castigo foram levados cativos para a Babilônia, cujo rei era Nabucodonosor. Entre os cativos estava o jovem profeta Daniel, o qual Deus deu o dom de interpretar sonhos.
Aconteceu que, um dia o rei teve um sonho e ninguém conseguia interpretar interpretar aquele sonho. Furioso, o rei mandou matar os magos e os sábios do reino, sendo que Daniel estava entre eles.
Foi nesse momento que Daniel pediu misericórdia a Deus, e o Eterno lhe revelou o sonho e também a interpretação. Assim, Daniel foi introduzido na presença do rei e contou-lhe tanto o sonho como a interpretação.
O rei, no sonho, viu uma estátua, cuja cabeça era de ouro, o peito e os braços era de prata, o ventre e as coxas de cobre, as pernas eram de ferro e os pés eram em parte de ferro e em parte de barro. Viu também, que uma pedra foi cortada sem mãos humanas, a qual deu nos pés, derrubando a estátua, e esmiuçando todos os seus componentes.
Deus revelou a Daniel, que a estátua representava quatro reinos que ainda se levantariam sobre a terra e que dominariam o povo de Israel, mas que ao final, no último reino, Deus levantaria um reino que destruiria todos os reinos humanos e seria estabelecido para sempre.
Nesta passagem da bíblia está a chave para se saber como será, e como se dará o último reino: A NOVA ORDEM MUNDIAL

A NOVA ORDEM MUNDIAL CONFORME A BÍBLIA




PARTE 3
A INTERPRETAÇÃO DO SONHO – OS CINCO REINOS

“Este é o sonho; também a interpretação dele diremos na presença do rei. Tú, ó rei, és rei de reis: pois o Deus do céu te tem dado o reino, o poder, e a força, e a majestade. E onde quer que habitem filhos dos homens, animais do campo, e aves do céu, ele os entregou na tua mão, e fez que dominasses sobre todos eles; tu és a cabeça de ouro. E depois de ti se levantará outro reino, inferior ao teu; e um terceiro reino, de metal, o qual terá domínio sobre toda a terra. E o quarto reino será forte como o ferro; pois, como o ferro esmiúça e quebra tudo, como o ferro quebra todas as cousas, ele esmiuçará e quebrantará.” Dn 2: 36-40
“Mas nos dias destes reis, o Deus do céu levantará um reino que não será jamais destruído; e este reino não passará a outro povo: esmiuçará e consumirá todos estes reinos, e será estabelecido para sempre.” Dn 2:44
Após revelar ao rei o sonho, Daniel começa também interpretar o significado do sonho, qual seja:
- 1º Reino – Cabeça de Ouro
Significado: Babilônia (ano 606 a 539 a.c)
- 2º Reino – Peito e braços de Prata
Significado: Medos e Persas (ano 539 a 331 a.c)
- 3º Reino – Ventre e coxas de cobre
Significado: Grécia (ano 331 a 168 a.c)
- 4º Reino – Pernas de ferro e pés em parte de ferro e em parte de barro
Significado: Pernas de ferro – Império Romano – ano 168 a.c aos dias atuais.
Obs.: No meu entendimento, o Império Romano foi substituído pelas nações européias atuais, sendo que para Deus, estas nações não passam de uma continuação fragmentada deste Império.
Pés (barro e ferro) – NOVA ORDEM MUNDIAL
- 5º Reino – A Pedra que feriu os pés da estátua
Significado – O Reino Eterno de Jesus Cristo
CONCLUSÃO: O último império antes do estabelecimento do Reino Eterno de Nosso Senhor Jesus Cristo, será um Império político, econômico e religioso de abrangência mundial, cujo centro será na Europa (antigo Império Romano), ou seja: O GOVERNO GLOBAL, mais conhecido como A NOVA ORDEM MUNDIAL.

A NOVA ORDEM MUNDIAL CONFORME A BÍBLIA 



PARTE 4
PRIMEIRA CARACTERÍSTICA - ABRANGÊNCIA GLOBAL

“Disse assim: O quarto animal será o quarto reino na terra, o qual será diferente de todos os reinos; e devorará toda a terra, e a pisará aos pés e a fará em pedaços.” Dn 7:23
“E foi-lhe permitido fazer guerra aos santos, e vencê-los; e deu-se-lhe poder sobre toda a tribo, e língua, e nação.” Ap 13:7
“E vi subir da terra outra besta, e tinha dois chifres semelhantes aos de um cordeiro; e falava como o dragão. E exerce todo o poder da primeira besta na sua presença, e faz que a terra e os que nela habitam adorem a primeira besta, cuja chaga mortal fora curada.” Ap 13:11-12
“E da boca do dragão, e da boca da besta, e da boca do falso profeta, vi sair três espíritos imundos, semelhantes a rãs. Porque são espíritos de demônios, que fazem prodígios; os quais vão ao encontro dos reis de todo o mundo, para os congregar para a batalha, naquele dia do Deus Todo-poderoso.” Ap 16:13-14
COMENTÁRIO: O último reino da terra será diferente dos que o precederam, principalmente na intensidade de suas características opressoras. Se lermos em apocalipse, observaremos que este último reino terá características híbridas, que saltam aos olhos do observador, herdadas de reinos anteriores.
Este reino será tão opressor, que Deus lhe dará apenas um curto período de duração, pois se esse período não fosse pequeno, a destruição seria total.
A primeira característica do governo mundial que se avizinha, é a abrangência do seu domínio. Enquanto os grandes impérios mundiais do passado tinham um domínio limitado, este último reino dominará toda a terra, com controles macro e micro.
É exatamente o que a nossa geração tem presenciado. Com a evolução da tecnologia, o mundo tornou-se pequeno e as fronteiras físicas das nações estão sendo derribadas através dos aviões, dos demais meios de locomoção, bem como dos meios de comunicação, como a internet.
Para o observador atento ao que estamos presenciando no mundo, a conclusão é que o surgimento deste último reino humano é questão de dias.

A NOVA ORDEM MUNDIAL CONFORME A BÍBLIA 



PARTE 5

SEGUNDA CARACTERÍSTICA – CONTROLE TOTAL

“....e deu-se-lhe poder sobre toda a tribo, e língua, e nação.” Ap 13:7
“E faz que a todos, pequenos e grandes, ricos e pobres, livres e servos, lhes seja posto um sinal na sua mão direita, ou nas suas testas; para que ninguém possa comprar ou vender, senão aquele que tiver o sinal, ou o nome da besta, ou o número do seu nome.” Ap 13:16-17

COMENTÁRIO: A Bíblia afirma que nos últimos dias aparecerá um poder global que pisará toda a terra, unificando o Estado, a economia e a religião.
Outra característica que observamos neste poder é a obsessão desenfreada por controlar a tudo e a todos. Cada detalhe da vida das pessoas será controlado pelo Estado, que se achará no direito de tirar toda e qualquer liberdade individual e coletiva das massas.
Olhando para o mundo contemporâneo, podemos facilmente entender que o dito poder opressor global previsto pela Bíblia Sagrada está quase se tornando visível para nós. Digo visível, pois o mesmo já atua de maneira invisível e já controla todo o mundo, faltando apenas se mostrar de maneira institucionalizada para a humanidade.

A NOVA ORDEM MUNDIAL CONFORME A BÍBLIA 


PARTE 6

TERCEIRA CARACTERÍSTICA – ECUMENISMO (UNIFICAÇÃO RELIGIOSA)

“E adoraram o dragão que deu á besta o seu poder; e adoraram a besta, dizendo: Quem é semelhante à besta? Quem poderá batalhar contra ela?” Ap 13:4
“E adoraram-na todos os que habitam sobre a terra, esses cujos nomes não estão escritos no livro da vida do Cordeiro que foi morto desde a fundação do mundo.” Ap 13:8
“E vi subir da terra outra besta, e tinha dois chifres semelhantes aos de um cordeiro; e falava como o dragão. E exerce todo o poder da primeira besta na sua presença, e faz que a terra e os que nela habitam adorem a primeira besta, cuja chaga mortal fora curada.” Ap 13:11-12
Paralelamente ao movimento de unificação política que temos observado no mundo, está em pleno andamento a construção da unicidade religiosa baseada na tolerância, respeito mútuo e reconhecimento das características comuns das diversas religiões. Este movimento é encabeçado pela Igreja Católica Apostólica Romana, tendo iniciado-se com vigor no pontificado de João Paulo II.
Tal unificação religiosa será totalmente concluída quando da implantação da Nova Ordem Mundial sob a liderança do Executivo Mundial, mais conhecido como anticristo. Terá por base a adoração da primeira besta do livro de Apocalipse, disfarçada de Deus.
Assim, toda a terra adorará Satanás, através da besta, exceto os cristãos verdadeiros, que serão perseguidos e mortos.

A NOVA ORDEM MUNDIAL CONFORME A BÍBLIA 








PARTE 7
QUARTA CARACTERÍSTICA – MOEDA ÚNICA GLOBAL
“E faz que a todos, pequenos e grandes, ricos e pobres, livres e servos, lhes seja posto um sinal na sua mão direita, ou nas suas testas; para que ninguém possa comprar ou vender, senão aquele que tiver o sinal, ou o nome da besta, ou o número do seu nome. Aqui há sabedoria. Aquele que tem entendimento, calcule o número da besta; porque é o número de um homem, e o seu número é seiscentos e sessenta e seis.” Ap 13: 16-18
Unificação política, unificação religiosa e unificação econômica: Estes são os três pilares sobre os quais haverá de se apoiar o governo mundial, tendo como fim um só governo, uma só religião e uma só moeda.
As pessoas que estão por trás da conspiração que levará á Nova Ordem Mundial são obcecadas por controle. Já controlam a internet, as comunicações, o suprimento de alimentos, o sistema de saúde, o sistema de locomoção, e por último, controlarão os próprios seres humanos, através da marca da besta, que será colocada na mão direita ou na testa das pessoas.
Sem esta marca, o ser humano estará automaticamente excluído de todo o sistema econômico mundial, ficando assim impossibilitado de ter acesso aos bens necessários á sua sobrevivência.
Já estamos no limiar do aparecimento da marca da besta. Nos Estados Unidos foi aprovada recentemente a lei de saúde, que coloca como condição para se ter acesso ao sistema de saúde, o implante de um chip subcutâneo na mão direita ou na testa

A NOVA ORDEM MUNDIAL CONFORME A BÍBLIA



PARTE 8
QUINTA CARACTERÍSTICA – O MUNDO DIVIDIDO EM DEZ BLOCOS
“Depois disto, eu continuava olhando nas visões da noite, e eis aqui o quarto animal, terrível e espantoso, e muito forte, o qual tinha dentes grandes de ferro; ele devorava aos pés o que sobejava; era diferente de todos os animais que apareceram antes dele, e tinha dez pontas.” Dn 7:7
“E, quanto às dez pontas, daquele mesmo reino se levantarão dez reis...” Dn 7:7
“E eu pus-me sobre a areia do mar, e vi subir do mar uma besta que tinha sete cabeças e dez chifres, e sobre os seus chifres dez diademas, e sobre as suas cabeças um nome de blasfêmia.” Ap 13:1
COMENTÁRIO: O processo final da nova ordem mundial antes do aparecimento do anticristo, será o mundo dividido em dez reinos (blocos). Uma das fortes evidências de que estamos no limiar do início deste império global, é justamente a formação dos chamados blocos comerciais.
Após o término da formação destes blocos, cada um deles

A NOVA ORDEM MUNDIAL CONFORME A BÍBLIA 



PARTE 9
SEXTA CARACTERÍSTICA – A UNIFICAÇÃO POLÍTICA

“Estando eu considerando as pontas, eis que entre elas subiu outra ponta pequena, diante da qual três das pontas primeiras foram arrancadas; e eis que nesta ponta havia olhos, como olhos de homem, e uma boca que falava grandiosamente.” Dn 7:8
“Eu olhava, e eis que esta ponta fazia guerra contra os santos, e os vencia.” Dn 7:21
“E quanto às dez pontas, daquele mesmo reino se levantarão dez reis; e depois deles se levantará outro, o qual será diferente dos primeiros, e abaterá a três reis.” Dn 7:24
“E proferirá palavras contra o Altíssimo, e destruirá os santos do Altíssimo, e cuidará em mudar os tempos e a lei; e eles serão entregues na sua mão por um tempo, e tempos, e metade dum tempo.” Dn 7:25
COMENTÁRIO: Assim, após os dez presidentes de blocos entregarem o poder ao anticristo, este tratará logo de abater a três presidentes, governando o mundo de maneira ditatorial.
Passará também a blasfemar de Deus e do Senhor Jesus Cristo, mudando o calendário, começando assim uma nova era.
Por fim, imporá o sistema mundial do sinal da besta, perseguirá aos cristãos e judeus messiânicos após profanar o templo judaico.

A NOVA ORDEM MUNDIAL CONFORME A BÍBLIA




PARTE 10

SÉTIMA CARACTERÍSTICA – PERSEGUIRÁ OS CRISTÃOS E OS JUDEUS MESSIÂNICOS

1 – A IMPLANTAÇÃO DA NOVA ORDEM MUNDIAL
Como decorrência da unificação religiosa e econômica, o mundo, por um momento usufruirá da falsa “paz e segurança” sob o reinado do anticristo.
“Pois, que, quando disserem: Há paz e segurança; então lhes sobrevirá repentina destruição, como as dores de parto àquela que está grávida; e de modo nenhum escaparão.” I Tess 5:3
2 – O ACORDO DE PAZ COM ISRAEL DE 7 ANOS
“E ele firmará um concerto com muitos por uma semana...” Dn 9:27
Após resolver os problemas econômicos e trazer a falsa paz e segurança, o anticristo fará o acordo de paz de 7 anos com Israel.
3 - A QUEBRA DO ACORDO, A IMPLANTAÇÃO DA MARCA DA BESTA E A GRANDE TRIBULAÇÃO.
“E ele firmará um concerto com muitos por uma semana; e na metade da semana fará cessar o sacrifício e a oferta de manjares; e sobre a asa das abominações virá o assolador, e isso até á consumação; e o que está determinado será derramado sobre o assolador.” Dn 9:27
“Eu olhava, e eis que esta ponta fazia guerra contra os santos, e os vencia.” Dn 7:21
“Ninguém de maneira alguma vos engane; porque não será assim sem que antes venha a apostasia, e se manifeste o homem do pecado, o filho da perdição; o qual se opõe, e se levanta contra tudo o que se chama Deus, ou se adora; de sorte que se assentará, como Deus, no templo de Deus, querendo parecer Deus,” II Tess 2:3-4
“Então, se alguém vos disser: Eis que o Cristo está aqui, ou ali, não lhe deis crédito.” Mt 24: 23
“Quando pois virdes que a abominação da desolação, de que falou o profeta Daniel, está no lugar santo; quem lê, atenda; então, os que estiverem na Judéia, fujam para os montes;” Mt 24:15-16
“Então vos hão de entregar-vos para serdes atormentados, e matar-vos-ão; e sereis odiados por todas as gentes por causa do meu nome.” Mt 24:9
“Porque haverá então grande aflição, como nunca houve desde o princípio do mundo até agora, nem tão pouco há de haver. E se aqueles dias não fossem abreviados, nenhuma carne se salvaria, mas por causa dos escolhidos serão abreviados aqueles dias.” Mt 24:21-22
“E o dragão irou-se contra a mulher, e foi fazer guerra ao resto da sua semente, os que guardam os mandamentos de Deus, e têm o testemunho de Jesus Cristo.” Ap 12:17
“E um dos anciãos me falou, dizendo: Estes que estão vestidos de vestidos brancos, quem são, e donde vieram? E eu disse-lhe: Senhor, tu sabes. E ele disse-me: Estes são os que vieram da grande tribulação, e lavaram os seus vestidos e os branquearam no sangue do Cordeiro.” Ap 7:13-14
Na metade dos 7 anos, o anticristo profanará o templo judaico, implantará a marca da besta, e perseguirá os judeus que não o reconhecerem como o messias, bem com aqueles que seguem somente a Jesus.
Jesus disse que esse tempo seria uma aflição tão grande, que se aqueles dias não fossem abreviados, nenhuma carne se salvaria, ou seja, ninguém que confesse Jesus escaparia com vida.
Naqueles momentos de muitas lágrimas, os verdadeiros servos de Jesus se manifestarão aos olhos do mundo, permanecendo fiel ao seu Mestre até à morte.
“E ouvi uma voz do céu, que me dizia: Escreve: Bem-aventurados os mortos, que desde agora morrem no Senhor. Sim, diz o Espírito para que descansem dos seus trabalhos, e as suas obras os sigam.” Ap 14:13
“... e Deus limpará de seus olhos toda a lágrima.” Ap 7:17
Mas, o reinado do anticristo não durará muito. Serão somente sete anos, sendo que a grande tribulação propriamente dita será nos últimos três anos e meio, quando ele quebrar o concerto que fez com Israel e profanar o templo. A partir daí, serão três ano e meio de intensa perseguição, que retornará com o retorno glorioso de Jesus Cristo, o juízo final e a eternidade.

A NOVA ORDEM MUNDIAL CONFORME A BÍBLIA


PARTE 11

QUANDO SERÁ?
1º SINAL – O RENASCIMENTO DE ISRAEL

Nas postagens anteriores vimos que conforme está prescrito na Bíblia Sagrada, a nova ordem mundial será um complô de âmbito mundial em que ocorrerá a unificação política, militar, religiosa e econômica através de uma ditadura mundial opressora.
Vimos também que o controle feito por este mega Estado-Global chegará ao ponto máximo quando os próprios seres humanos forem marcados com um sinal na mão direita ou na testa, sendo que quem não for marcado será excluído do sistema econômico, além de sofrer toda a sorte de perseguições.
E, por último, vimos que este império mundial durará sete anos, sendo três anos e meio de relativa paz e três anos e meio de intenso sofrimento para os cristãos.
Mas, fica um pergunta: será que a Bíblia Sagrada nos dá alguma pista sobre quando acontecerão estas coisas? Creio que sim. Vejamos o raciocínio exposto abaixo:
1 – Deus escolhe um povo (Israel)
Através do concerto com Abraão, o Eterno prometeu que por meio dele todas as famílias da terra seriam benditas. O plano de Deus era que através da nação de Israel o mundo fosse abençoado com a vinda do Messias, o que de fato ocorreu.
“E abençoarei os que te abençoarem e amaldiçoarei os que te amaldiçoarem; e em ti serão benditas todas as famílias da terra.” Gn 12:3
2 – Israel rejeitou o Messias, o evangelho chegou aos gentios e a Diáspora Judaica
Com a crucificação de Jesus e sua rejeição pelos anciãos de Israel, o evangelho foi anunciado aos gentios, cumprindo-se assim o que Deus tinha prometido a Abraão, que através dele abençoaria os gentios. Cumpriu-se também o que profetizado pelo profeta Isaías:
“Disse mais: Pouco é que sejas o meu servo, para restaurares as tribos de Jacó, e tornares a trazer os guardados de israel; também te dei para luz dos gentios, para seres a minha salvação até á extremidade da terra.” Is 49:6
Jesus profetizou ainda que os judeus seriam espalhados pelo mundo até que se completasse o tempo de domínio dos gentios em Jerusalém, o que de fato aconteceu.
E cairão ao fio da espada, e para todas as nações serão levados cativos, até que os tempos dos gentios se completem.” Lc 21;24
3 – A recriação de Israel e a conversão de parte dos Judeus ao Messias
Embora os judeus tenham rejeitado o Messias, Deus não os rejeitou. Jesus falou que eles seriam expulsos da sua terra, mas que Israel renasceria no fim dos tempos, e que não mais pela lei, e sim pela graça, haveria uma remanescente de Israel no final dos tempos, após a plenitude dos gentios se icorporarem á igreja:
“Aprendei pois a parábola da figueira: Quando já os seus ramos se tornam tenros e brotam folhas, sabeis que está próximo o verão.” Mt 24:32
E, mais: Jesus disse que além do renascimento de Israel, parte dos judeus o reconheceriam como o Messias e chorariam amargamente por O terem rejeitado:
“Porque eu vos digo que desde agora não me vereis mais até que digais: Bendito o que vem em nome do Senhor.” Mt 23:39

“E sobre a casa de Davi, e sobre os habitantes de Jerusalém, derramarei o Espírito de graça e de súplicas; e olharão para mim, a quem transpassaram; e prantearão como quem pranteia por um unigênito; e chorarão amargamente por ele, como se chora amargamente pelo primogênito.” Zc 12:10

A NOVA ORDEM MUNDIAL CONFORME A BÍBLIA


PARTE 12

2º SINAL – NÃO PASSARÁ UMA GERAÇÃO

“Aprendei pois esta parábola da figueira: Quando já os seus ramos se tornam tenros e brotam folhas, sabeis que está próximo o verão. Igualmente, quando virdes todas estas coisas, sabei que ele está próximo às portas. Em verdade vos digo que não passará esta geração sem que todas estas coisas aconteçam.” Mt 24: 32-34
Após falar sobre os sinais que demonstrariam a iminência da sua volta, Jesus diz para os discípulos que eles deveriam aprender a parábola da figueira. Ele menciona que quando os discípulos virem todos os sinais conjuntamente, eles deveriam ter a certeza que o Mestre estaria às portas.
Após, Jesus diz ainda que não passaria a geração que veria esses sinais, sem que a sua volta não acontecesse. Vamos analisar abaixo três conclusões que tiramos da passagem bíblica mencionada:
1 – Acontecimento simultâneo de todos os sinais
“Quando virdes todas estas coisas” – Embora alguns dos sinais descritos por Cristo já venham acontecendo desde o princípio, somente no último século é que eles vêm ocorrendo de maneira mais intensa e em uma quantidade cada vez maior.
Como cristãos, não há como não observar estes fatos. Os terremotos estão aí, o aparecimento dos chamados óvnis, as epidemias, a falta de amor, a apostasia, as guerras mundiais, os falsos cristos, a depredação do meio ambiente, a multiplicação da ciência, entre tantas outras coisas.
2 – O Renascimento da Figueira (Israel)
Jesus disse para os discípulos aprenderem a “parábola” da figueira. Como se sabe, a parábola é uma figura de linguagem em que o personagem apresentado retrata um correspondente real. A figueira possui um significado na realidade, qual seja a nação de Israel. Vejamos o que a Bíblia diz:
“Achei a Israel como uvas no deserto, vi a vossos pais como a fruta temporã da figueira no seu princípio;...” Os 9:10
“Assim diz o Senhor, o Deus de Israel: Como a estes bons figos (fruto da figueira), assim conhecereis aos de Judá levados em cativeiro, e que eu enviei deste lugar para a terra dos caldeus, para o seu bem.” Jr 24:5
3 – Não passará uma geração
“Em verdade vos digo que não passará esta geração sem que todas estas coisas aconteçam.” Mt 24:34
“A duração da nossa vida é de setenta anos, e se alguns, pela sua robustez, chegam a oitenta anos, o melhor deles é canseira e enfado, pois passa rapidamente e nós voamos.” Sl 90:10
“No ano primeiro do seu reinado, eu, Daniel entendi pelos livros que o número de anos, de que falou o Senhor ao profeta Jeremias, em que haviam de acabar as assolações de Jerusalém, era de setenta anos.” Dn 9:2
“Corta o cabelo da tua cabeça e lança-o fora, e levanta o teu pranto sobre as alturas; porque já o Senhor rejeitou e desamparou a geração do seu furor;” Jr 7:29
“E sucederá naquele dia em que Tiro será posta em esquecimento por setenta anos, conforme os dias dum rei: mas no fim de setenta anos Tiro será a canção duma prostituta.” Is 23:15
“E toda esta terra virá a ser um deserto e um espanto; e estas nações servirão ao rei de Babilônia setenta anos.” Jr 25:11


CONCLUSÃO: Diante dos sinais que temos visto, bem como das informações sobre a iminência do estabelecimento da Nova Ordem Mundial, não há como não se dar credibilidade à interpretação da parábola da figueira, considerando uma geração bíblica como sendo de 70 anos. Nesse raciocínio, e considerando o renascimento de Israel em 1948, devemos fitar nossos olhos para os acontecimentos que se desenrolam a partir deste ano de 2012 em diante, com um eventual clímax por volta de 2018 (para mais ou para menos).

Nenhum comentário:

Postar um comentário