quarta-feira, 31 de outubro de 2012

10- PASTOR DA UNIVERSAL GAY, ESTUPRADOR E ASSASSINO ESTÁ LIVRE!



CARTA CRIME - Denúncia de Carlos Terra, pai de Lucas Terra.




Lucas Terra, 14 anos, foi violentado, espancado, amarrado, amordaçado e queimado vivo, em Salvador, Bahia, Brasil.
O pedófilo assassino “pastor” Silvio Galiza foi condenado à 18 anos de prisão, mas encontra-se em Regime Semi-Aberto.
Este pedófilo assassino foi “PREMIADO” pela justiça baiana e já está nas ruas de Salvador para violentar e assassinar crianças indefesas.
O pedófilo assassino Silvio Galiza, após sua condenação em jurí popular, denunciou o “bispo” Fernando Aparecido e o “pastor” Joel (ambos da Universal) como participantes do assassinato de Lucas Terra.
O condenado Silvio Galiza, confessou que Lucas Terra foi assassinado porque ao entrar no “GABINETE PASTORAL”, FLAGROU o “bispo” Fernando e o “pastor” Joel, fazendo sexo após o "culto".
Atualmente o “bispo” Fernando e o “pastor” Joel continuam "ministrando", "pregando" e "fazendo orações" pelas pessoas na "igreja".
Até quando a Impunidade vai imperar?
Até quando esses falsos religiosos continuarão fazendo "cultos"?
Até quando os legisladores continuarão criando leis para beneficiar os bandidos?


Um comentário: