quinta-feira, 15 de março de 2012

1- QUAL A FINALIDADE DO “QUESTIONA BRASIL”.


QUAL A FINALIDADE DO “QUESTIONA BRASIL”.

A paz do Senhor JESUS irmãos! Meu nome é ANDRÉ DE MORAES, sou evangélico há 17 anos, conheci JESUS CRISTO no final de 1995 quando passei a freqüentar a  UNIVERSAL, sou casado há 9 anos e tenho uma filha de 3 anos.
Sou de São Paulo, capital zl, hoje congrego na ASSEMBLÉIA DE DEUS, MINISTÉRIO DO BOM RETIRO no Itaim Paulista.
E a partir de agora inicio um trabalho chamado de "QUESTIONA BRASIL", onde vou estimular o povo de Deus a questionar tudo que se refere às denominações evangélicas, as práticas nelas inseridas, doutrinas, ensinamentos, liderança, costumes, enfim, tudo que concerne às denominações evangélicas e um pouco do que envolve a nossa vida secular.
Esse trabalho será feito para livrar as pessoas do inferno (Isaias 61), chegar à verdade (Efésios 5:9), não cair nas mentiras (João 8:44), não praticar heresias (2 Pedro 2:1, 2), defender o evangelho (Judas 1:3), desvendar falsos profetas e os fazer calar (Tito 1:11), proclamar a salvação (Isaias 61) e solucionar dúvidas.
A palavra "questionar" significa: "Interpelar. Dirigir a palavra a alguém para lhe perguntar alguma coisa. Intimar alguém a que responda, pedir-lhe que se explique sobre um fato. Contestar em juízo".
O meu desejo é que a igreja de  JESUS CRISTO (as pessoas) faça exatamente isso nas suas denominações onde frequentam, pois como vivemos nos últimos tempos e já  conhecemos a apostasia, como falou Paulo em 1 Timóteo 4:

"Ora, o Espírito afirma expressamente (claramente) que, nos últimos tempos, alguns apostatarão da fé, por obedecerem a espíritos e a ensinos de demônios, pela hipocrisia dos que falam mentiras e têm cauterizada a própria consciência..." 

Devemos ser criteriosos e cuidadosos quanto a tudo o que é ensinado nos púlpitos das denominações de todo o Brasil. Usarei muito uma arma poderosa e legal diante de Deus (pois ele mesmo me incentiva a usar) e que a maioria dos evangélicos deturpam crendo ser pecado: o julgamento.
Usarei muito uma arma poderosa e legal diante de Deus (pois ele mesmo me incentiva usar) e que a maioria dos evangélicos deturpam crendo ser pecado: o julgamento.
E a palavra juízo quer dizer:
“Ato de julgar. Faculdade intelectual de julgar, entender, comparar e tirar conclusões”.
Julgamento, apreciação. Sensatez, bom senso, tino, siso”.
E o que as sagradas escrituras falam a respeito do ato de “julgar”? Ela é clara:

“Não julgueis para que não sejais julgados. Pois, com o critério com que julgardes, sereis julgados; e, com a medida com que tiverdes medido, vos medirão também”.  Mateus 7:1

A palavra não está proibindo de julgar em todas as suas formas, mas está ensinando como se deve julgar. E diz que da mesma forma como tratamos os outros nesse quesito, seremos tratados também.
Na bíblia João Ferreira de Almeida, Revista e Atualizada da Sociedade bíblica do Brasil, logo acima do capitulo 7 de Mateus, o titula diz “O juízo temerário é proibido”. Mas já se perguntou o que significa “temerário”? Significa “sem fundamentos, duvidoso”. Logo vemos o que a palavra aqui condena é o julgamento sem provas, ser fundamentos, é acusar as pessoas pela aparência ou por raiva, ou qualquer outro motivo que não seja verdadeiro.
Quando usamos o juízo de forma correta e justa chegamos ao pleno conhecimento da verdade e evitamos danos para nossa vida. Se negarmos fazer isso caímos em mentiras, somos enganados com facilidade e com isso será imputado a nós pecado doloso, pois voluntariamente dizemos que “não se deve julgar”
JESUS disse o seguinte quanto ao julgamento:

“Não julgueis segundo a aparência, e sim pela reta justiça”. João 7:24.

Paulo disse:

“Ora, o homem natural não compreende as coisas do Espírito de Deus, porque lhe parecem loucura; e não pode entendê-las, porque elas se discernem (faculdade de discernir, tino, juízo, apreciação, análise) espiritualmente”.  1 Corintios 2:14
“Mas o que é espírito discerne (julga) bem tudo, e ele de ninguém é discernido (julgado)”. 1º Corintios 2:15. 

Os evangélicos que acreditam que não podem julgar ou estão imaturos quanto à fé:

“Ora, todo aquele que se alimenta de leite é inexperiente na palavra da justiça, porque é criança. Mas o alimento sólido é para os adultos, para aqueles que, pela prática, têm as suas faculdades exercitadas para discernir não somente o bem, mas também o mal”. Hebreus 5: 13, 14.

Ignorantes da palavra de Deus:

Respondeu-lhes Jesus: Porventura não errais vós em razão de não compreenderdes as Escrituras nem o poder de Deus?   Marcos 12:24 

Ou temem que descubra as suas verdades caso alguém as julgue.
Então, vamos questionar tudo dentro das denominações evangélicas, vamos esmiuçar cada dúvida e pô-las à luz das sagradas escrituras, vamos provar homens e suas palavras como nos alertou o apóstolo João em sua primeira carta capitulo 4:

“Amados, não deis crédito a qualquer espírito; antes, provai os espíritos s procedem de Deus, porque muitos falsos profetas têm saído mundo afora”.

Questione tudo só confie piamente na palavra do nosso Deus, SENHOR JESUS CRISTO.
Questione tudo, procure provas nas sagradas escrituras, ore ao ESPÍRITO SANTO para lhe mostrar a verdade e a verdade você encontrará. Tenha zelo pela salvação dada a você pelo SENHOR JESUS, pois sabemos que vivemos os últimos tempos e se não vigiarmos seremos pegos de surpresa no erro, no pecado, na heresia.
Comece questionando as minhas palavras.

Nenhum comentário:

Postar um comentário